DEGIRO: Que tipo de conta escolher?

A DEGIRO permite escolher entre 3 tipos de contas. Basic, Active e Trader. Qual escolher?


O que é a Degiro?

Eu já tenho referido a Degiro em outros artigos mas para quem não conhece, aqui fica um pequena introdução.

A Degiro é uma corretora sediada na Holanda, mas tem autorização para operar em Portugal e é regulada pela CMVM. Isto significa que é perfeitamente legal investir através dela, desde que declare os seus lucros correctamente.

Sobre este assunto, há muito a escrever. Para já, e levantando a ponta do véu, deve saber que os seus lucros devem ser declarados no anexo J do modelo 3 e não no G, mesmo para acções nacionais. Tal deve-se por a Degiro não ter sede fiscal em Portugal e por isso, as regras são um pouco diferentes.

Se quiser saber um pouco mais sobre a Degiro, leia este artigo.

Um ponto muito positivo sobre a Degiro são as suas comissões extremamente baixas. Investir nos mercados Portugueses e Americanos fica muito barato quando comparado com as outras corretoras nacionais.

Tipos de Contas Degiro

Conforme referi anteriormente, a Degiro tem 3 tipos diferentes de contas: Basic, Active e Trader. Encare cada uma delas como uma progressão da anterior.

Quando cria a conta na Degiro, esta é do tipo Basic e poderá migrar para Active ou Trader. Ao migrar para a Active já não poderá voltar à configuração Basic e por analogia, se configurou a sua conta como Trader, assim terá de continuar pois já não poderá escolher qualquer uma das outras opções.

Tipos de contas da Degiro
Opções da contas Basic, Active e Trader da Degiro

Conta Basic

Como o nome indica, este é a conta básica, simples e eficiente. Posso dizer que neste momento, apesar de ter uma conta Active, só estou a usar as funcionalidades da conta Basic. Tem comissões extremamente baixas e permite negociar em acções e obrigações de forma simples e eficiente.

Recentemente, introduziram também os produtos turbos, speeders e sprinters. Estes são produtos mais sofisticados e de maior risco, obrigando a uma análise constante do mercado. Pessoalmente, é um tipo de investimento especulativo que não me anima e do qual eu fujo, mas há opções para todos os gostos.

Por último, tem agora a definição de Trackers, onde são incluídos os ETFs, estes sim apresentando geralmente um risco menor de investimento face a títulos individuais.

Conta Active

Esta é a minha conta actual e cheguei a usar durante algum tempo a compra em margem. Este tipo de conta permite investir mais dinheiro que o que tem, pois a Degiro empresta-lhe uma parte para investir, podendo ir até 50% do valor da sua carteira.

A grande vantagem de usar a compra em margem é que os juros na Degiro são baixos. Actualmente, são de 1.25% / ano mais taxa EONIA (quando maior que 0). Como as taxas EONIA estão negativas, tal significa que consegue o seu empréstimo por apenas 1.25%. Se comprar acções que distribuam 5% em dividendos, facilmente consegue obter um retorno positivo.

Se o preço das acções em que investiu descer, há dois aspectos principais a ter em conta.

  • O valor das suas perdas aumenta proporcionalmente ao valor da margem usada. Considerando o investimento inicial de 100 euros e 50 euros adicionais da conta margem, se o valor do investimento descer 20%, perde 30 euros em vez de 20 o que dá uma diferença percentual de 10%.
  • A Degiro pode liquidar automaticamente parte dos seus investimentos. Na situação do exemplo anterior, em vez dos seus 100 euros, já só tem 70. Ora, como nenhuma instituição financeira gosta de correr riscos desnecessários, elas farão o que puderem para reaver o próprio e os juros. Por esse motivo, pode acontecer que em situações limite, a Degiro liquide os seus activos. O grande mal disso é que elas podem vender o seu melhor investimento.

De forma a mitigar o risco anterior, o meu conselho é que nunca use mais de 10% a 20% do valor da sua carteira em conta margem, podendo ir ajustando o valor mensalmente. Desta forma, tem mais autonomia e paz de espírito para vender quando achar mais conveniente.

Sobre as outras opções, considero que são uma arma de destruição que deve ser muito bem manuseada. Opções e futuros são tipos de investimentos extremamente alavancados que eu pessoalmente não recomendo.

O short-selling também conhecido como venda curta permite a venda de um título antes de o comprar, beneficiando assim da descida do mercado num determinado período. Isto não é investimento, é sim mais uma forma de especulação e aconselho também a maioria dos investidores a ficarem longe destes “des-investimentos“.

Quando a maré baixa, é que se vê quem estava a nadar nu!

Warren Buffet

Conta Trader

A conta trader tem todos os benefícios da conta Active mas permite “pedir emprestado” mais dinheiro para investir. Em vez do limite de 50%, pode usar até 100% do valor da sua carteira.

Lembre-se sempre que o risco é proporcional ao valor da sua conta margem. Invista um montante que o deixe dormir pacificamente.

Notas Finais

Como deu para perceber, eu gosto de investir de forma simples e com poucas variáveis. O mercado já é suficientemente complexo e com muitos factores que não controlamos: na verdade, quase todos.

Diria que para a maioria dos investidores, a conta Basic deverá ser mais que suficiente para investir em centenas de títulos de múltiplos mercados. Se estiver a fim de um risco adicional, a conta margem poderá ser uma opção interessante.

Nos últimos meses tenho vindo a reduzir a minha conta margem e este mês será o primeiro em que está a zero, após uns longos meses. A razão disso é que muitos especialistas acreditam que uma possível recessão está para ocorrer nos próximos 18 meses e a ser verdade, não quero arriscar desnecessariamente dinheiro que não me pertence.

Se a recessão vier, quem sabe então voltarei a usar a conta margem para usar quando o mercado estiver mais barato.

2 comments On DEGIRO: Que tipo de conta escolher?

  • Boas Sérgio,

    Excelente artigo!

    Qual a diferença da conta Custody para as que apresentas no artigo?

    Cumprimentos,
    Rodrigo

    • Olá Rodrigo, obrigado.
      Já nem me lembrava que quando criei a conta havia essa opção.
      De forma simplista, a conta “Custody” é a que oferece mais segurança em caso de falência da Degiro, porque há uma segregação completa dos activos geridos pela Degiro.
      Além disso, não disponibiliza preços em tempo real para a Euronext gratuitamente e não permite a transacção de produtos alavancados.
      Pode consultar mais detalhes aqui: https://www.degiro.co.uk/helpcenter/faq/profiles/1068
      Por baixo da tabela comparativa, há um link para um documento sobre os vários perfis em que explica com muito mais detalhe as várias diferenças.
      Ab

Leave a reply:

Your email address will not be published.

Site Footer