Simplifique a declaração de dividendos no IRS

Não seria fantástico se pudesse gerar o relatório de IRS referente aos dividendos de ações em menos de 10 segundos?


Os impostos são quase sempre desnecessariamente complicados. No caso dos dividendos de ações, temos vários detalhes em que necessitamos de prestar atenção, e há inúmeras questões que surgem.

Preciso de declarar? Onde declarar? Como declarar os dividendos de ações estrangeiras? E as perguntas não param.

É verdade que necessita de saber os fundamentos dos impostos sobre rendimentos de capitais, pois se não o fizer, poderá perder imenso dinheiro. Por exemplo, deverá saber se lhe compensa englobar ou não os rendimentos da categoria E, e em que caso deverá declarar os dividendos de empresas portuguesas, etc.

Muitas destas perguntas já foram esclarecidas nos artigos abaixo e recomendo a sua leitura para se tornar financeiramente sofisticado.

A primeira vez que ouvi o termo “financeiramente sofisticado” foi há muitos anos quando li o famoso livro de Robert Kiyosaki “Pai Rico, Pai Pobre”. Na altura fiquei fascinado com os seus ensinamentos simples mas poderosos, com os quais ainda hoje me identifico inteiramente. Pode ler mais sobre os seus princípios aqui.

Assumindo que já tem um conhecimento geral dos impostos sobre dividendos (se não tem, recomendo a leitura dos artigos partilhados acima), vamos então passar à parte prática.

A declaração dos dividendos pode ser mesmo confusa, pois varia consoante a sede da empresa e do intermediário financeiro, e é por isso que lhe recomendo o portal OneFinance.pt para o auxiliar nesta árdua tarefa.

O que é o portal OneFinance.pt?

O portal OneFinance.pt é um serviço gratuito que simplifica a gestão dos seus investimentos e facilita imensamente a declaração dos seus rendimentos. Atualmente, é até possível o preenchimento automático do ficheiro do IRS para rendimentos de mais-valias de ações e de dividendos, independentemente da corretora e empresa.

O que necessita de fazer

Para que obtenha o máximo partido do portal, é necessário registar-se, inserir as transações financeiras e associar os títulos e corretoras. Quando tiver inserido todas as informações relevantes, poderá então usufruir de relatórios de mais-valias e muito mais. Convido-o a explorar e descobrir tudo o que o portal pode fazer para si.

1. Criar conta gratuita no portal OneFinance.pt

Primeiramente necessita de criar uma conta no portal. Tal é necessário para que os seus dados fiquem guardados e possa aceder aos mesmos posteriormente. Se não quiser fazer a gestão de mais uma palavra-passe, poderá autenticar-se com o mecanismo de autenticação do Google, e assim manter o acesso à sua conta extremamente seguro.

2. Adicionar os instrumentos financeiros

Quando for registar os dividendos recebidos, é necessário que tenha previamente identificado o instrumento financeiro, pois só então, este ficará disponível para seleção. Poderá efetuar este passo clicando no menu lateral “Info s/ Instrumentos” e depois clicar em “Adicionar”.

A seleção correta do país da fonte do instrumento é muito importante, sobretudo se vai querer obter benefício da geração dos relatórios de IRS. As regras para gerar os relatórios do IRS variam de acordo com a sede do país da fonte do instrumento financeiro e da corretora.

3. Adicionar dividendos

Após os dois passos anteriores já poderá registar os dividendos de ações que tenha recebido. Aqui deverá ter em especial atenção ao valor retido em impostos. Se a corretora tiver sede fiscal em Portugal e o instrumento for estrangeiro, poderá ter sido retido imposto no estrangeiro e em Portugal (28%), pelo que deverá especificar o imposto retido corretamente em cada campo.

Nota: Apesar do valor unitário do dividendo ser na moeda base, todos os restantes valores devem ser inseridos em Euros.

Inserção de dividendos no portal OneFinance.pt
Inserção de dividendos no portal OneFinance.pt

Sempre que receber mais dividendos, basta ir atualizando as suas informações, tal como descrito nos passos anteriores. Tendo a sua informação atualizada, pode desfrutar dos vários relatórios e informações adicionais sobre os seus dividendos a qualquer momento.

Visualização de relatórios e informações sobre os dividendos

Após a inserção de dividendos, já terá acesso a diferentes vistas de rendimentos e também aos relatórios de IRS.

Vista de dividendos por ano (detalhado/agregado)

No menu de dividendos encontra 2 opções de visualização de dividendos por ano (detalhado e agregado). A diferença é que enquanto na vista detalhada, cada linha corresponde a cada um dos dividendos recebidos, a vista agregada agrega por título também. Assim se recebeu 12 dividendos ao longo do ano sobre um determinado título, irá ver uma única linha com o somatório dos valores brutos e imposto retido.

O layout é idêntico para ambas as vistas, e poderá selecionar o ano no canto superior direito. Seguem-se algumas imagens do que poderá esperar visualizar na sua área pessoal.

Resumo da vista de dividendos anual (OneFinance.pt)
Vista detalhada de dividendos que complementa a que sucede a imagem acima (OneFinance.pt)


Relatório de rendimentos de dividendos (Anexo E)

Este relatório usa o layout do quadro 4.B do anexo E (Rendimentos sujeitos a taxas liberatórias) do modelo 3 do IRS e serve para declarar rendimentos de dividendos de ações portuguesas, recebidos através de corretoras, também elas com sede fiscal em Portugal.

Nota 1: só necessita de declarar os dividendos que aparecem neste relatório caso tenha optado pelo englobamento de dividendos da cat. E. Se optar por não englobar os dividendos, não necessita de declarar porque já lhe foram retidos os 28% de imposto.

Nota 2: caso opte por englobar, pode declarar apenas 50% dos dividendos de ações portuguesas. Este critério é automaticamente implementado no quadro apresentado.

Poderá aceder a este relatório no menu lateral “Rendimentos de Capitais – Cat. E” e selecionar posteriormente o ano desejado no topo superior direito.

Relatório de dividendos de ações portuguesas – Anexo E (OneFinance.pt)

Relatório de rendimentos de dividendos (Anexo J)

Os dividendos obtidos no estrangeiro são registados no anexo J no quadro 8 (Rendimentos de capitais) e pertencem também eles à categoria E.

Poderá aceder a este relatório no menu lateral (Rend. Capitais – Anexo J) e selecionar o ano desejado no topo superior direito.

Relatório de dividendos de títulos estrangeiros – Anexo J (OneFinance.pt)

Conclusão

Espero que este artigo lhe tenha suscitado a curiosidade para explorar as diferentes funcionalidades do portal OneFinance.pt, e de como este o pode ajudar a simplificar e organizar os seus investimentos financeiros.

A qualquer momento pode verificar a rentabilidade dos seus investimentos através de vistas específicas e também visualizar os relatórios que lhe permitirão cumprir as suas obrigações fiscais.

Se ainda não o fez, crie uma conta gratuita, explore e partilhe a sua opinião connosco.

4.5 2 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Site Footer

Sliding Sidebar

About Me

About Me

Olá, chamo-me Sérgio e sou um apaixonado por investimentos e finanças pessoais. Espero partilhar algumas dicas e conhecimento para que possa alcançar mais rapidamente a sua independência financeira. Fique ligado e compartilhe também as suas ideias.

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x